Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Jogada Mortal



Jogada Mortal      
Harlan Coben
Editora Arqueiro

Era um dia perfeito, os jogadores estavam em quadra e Duane Richwood ganhava de lavada do oponente. Seu agenciador, Myron Bolitar, assiste a partida junto do amigo Win, Windsor Horne Lockwood III. Porém algo inesperado interrompe os jogos daquele dia. Valerie Simpson, ex-promessa do tênis, é assassinada com um tiro na praça de alimentação. Ao ouvir o disparo Myron e Win correm até o local e se deparam com o corpo da garota caído no chão. Era estranho e inesperado demais que Valerie tenha estado a apenas dois dias em sua agência buscando uma representação. Myron acabara de saber por intermédio de Esperanza que ela havia ligado três vezes para ele naquele dia, mas logo agora que parecia querer retomar sua carreira era encontrada caída naquele lugar, o rosto já sem vida congelado num último olhar imutável.
 
Win lhe dissera que era melhor deixar isso para lá, porém Myron não conseguiria simplesmente encarar aquilo como uma fatalidade. Além disso, a polícia parecia ter motivos para suspeitar de Duane Richwood, o que já seria suficiente para deixa-lo no mínimo intrigado. Myron precisava descobrir porque haviam assassinado aquela garota. Ele se sentia culpado porque ela o havia procurado e não conseguira falar com ele. Quem sabe seu destino não teria sido diferente se eles tivessem conversado? Quando adolescente Valerie iniciara uma carreia de sucesso, porém até onde ele sabia, ela não aguentara a pressão e acabara tendo um colapso nervoso, deixando tudo de lado. Myron sabia como era estar sob a luz dos holofotes e de repente estar às cegas. Já havia sido uma promessa no basquete, mas um acidente interrompera sua carreira antes mesmo dela decolar. Buscando outras alternativas, acabara trabalhando com o FBI e se formando em Direito. Porém ele resolvera retornar para o mundo dos esportes e juntamente com sua amiga Esperanza, tocava uma agência de representações esportivas.
 
A medida que Myron passa a investigar a vida de Valerie e também a de Duane, ele fica cada vez mais convencido de que tudo parece estar de alguma forma relacionado com a morte de seu noivo, morto alguns anos antes durante uma festa. Mas algo lhe escapa e muitas pessoas estão envolvidas, e algumas delas vão deixar claro para ele que o passado deve permanecer no passado.
 
Este é o segundo livro que leio deste autor. A trama é bem construída e envolvente, com uma boa dose de suspense. Nada daqueles livros que você descobre o final lá no começo. Porém é um pouco surreal sob certos aspectos, como quando a namorada do Myron presencia a morte de três homens e depois age como se nada demais tivesse acontecido. Fazia tempo que eu não lia uma trama investigativa e esta com certeza é uma boa referência.
 
Abraço
Jade

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares