Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

sábado, 4 de setembro de 2010

Segunda-feira de Luto


A Dra. Temperance Brennan, uma respeitada antropóloga forense, está em Montreal a fim de se preparar para depor em um julgamento, quando é chamada em uma segunda-feira fria e úmida, para analisar ossos encontrados no porão de uma pizzaria. Brennan divide sua vida entre Charlotte, nos estados Unidos e Montreal, no Canadá. A história do livro se desenrola na fria cidade de Montreal, em pleno inverno, em meio a muita neve. Para sua infelicidade, terá que assumir este caso juntamente com o detetive Luc Claudel, um homem elegante e bom policial, porém de temperamento difícil e um cético em relação à utilidade da antropologia forense. Ao fazer um exame dos ossos, Brennan verificará que se tratam dos esqueletos de três mulheres jovens. Brennan na condição de mulher e mãe sente-se ainda mais comprometida em desvendar os fatos que, interromperam as vidas destas três mulheres na flor da juventude. Em meio à frustração vivida com o crescente desinteresse do detetive Luc Claudel pelo caso e o andamento de seu romance com o charmoso Andrew Ryan, Brenann se vê surpreendida pela inesperada visita de sua melhor amiga, Anne, que está vivendo um momento difícil em seu casamento. Ao pegar a amiga no aeroporto e leva-la para casa, descobrirá que alguém invadiu seu apartamento. Quem terá sido? Teria alguma relação com os ossos da pizzaria? Estas perguntas e outros acontecimentos recentes levarão Brenann a sair de seu laboratório e partir para uma investigação de campo. Segunda-feira de Luto é um bom livro de suspense, que manterá o leitor interessado até o fim. Curiosidade: Quando peguei este livro para ler, não sabia nada sobre ele, mas acabei sabendo que a autora, Kathy Reiches, é antropóloga forense e seus livros acabaram se tornando best-sellers, o que motivou a criação de uma série investigativa chamada Bones (ossos, em inglês), que é também o apelido da protagonista, a personagem Temperance Brennan.

Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares