Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

domingo, 26 de setembro de 2010

Eu Sou o Mensageiro

Este livro relata a vida de Ed Kennedy, iniciando durante um assalto à banco, em que Ed vai dar uma de herói, impedindo o ladrão de fugir. Depois disto, sua vida, que era bastante banal, passa por uma reviravolta. Primeiro é a publicidade, seu nome é noticiado pela cidade como o mais novo herói do pedaço, o que não vai melhorar em nada seu relacionamento com a mãe. Sua vida se resume em ser taxista numa cidade pequena e jogar cartas com os três melhores amigos. Marv, Ritchie e Audrey. Há! Tem também o Porteiro, o cão fedorento, de 17 anos, que era de seu falecido pai, e que o acompanha num cafezinho. O bicho até parece que entende o que ele fala. Porém, depois daquele dia no banco, receberá estranhas cartas, de jogo de baralho, com anotações pouco esclarecedoras e que parecem querer conduzi-lo a algum lugar. A primeira carta, um ás de ouros, vem com três endereços e Ed acaba decidindo que deve conferir o que vai encontrar em cada um. Ele sente que precisa fazer alguma coisa, que sua vida não está levando ele a lugar nenhum, e que aquela será sua oportunidade de fazer algo. Ed é um adolescente de 19 anos sem perspectivas de futuro, mas que prova que pode ir muito além de sua condição. A linguagem do livro é bastante simples e direta, mas ao mesmo tempo é sensível e tocante. O final é surpreendente, espero que gostem. Não curti tanto quando o outro livro deste mesmo autor, mas é bom também.
Um trecho do livro:
Lua beija Marie.
É só um beijinho de leve nos lábios.
E ela retribui o beijinho.
Às vezes as pessoas são bonitas.
Não pela aparência física.
Nem pelo que dizem.
Só pelo que são.

Monstro do Mangá

O Livro Monstro do Mangá é uma versão encadernada dos três volumes da Coleção Como Desenhar Mangá. É muito bonito e se propõe a ensinar truques e dicas sobre como desenhar personagens no estilo mangá, usando do princípio básico da criação passo-a-passo de um modelo de personagem, divididos em três partes e nos seguintes grupos: Garotas, Fantástico, Monstros, Ficção Científica, Música e Samurai. Eles ensinam a desenhar a partir do esboço do esqueleto da figura, explicando a pose até uma versão de roupa íntima da personagem, depois mostrando o mesmo desenho com todos os detalhes e sombras até a versão colorida. O livro serve como inspiração para quem quer fazer este tipo de desenho. No final tem ainda uma parte com dicas de como trabalhar seus desenhos no computador, divididos em três partes, após cada dois grupos de ilustrações. Eles ensinam dicas de como scanear o desenho e como usar o Photoshop em seus trabalhos. Além de dicas de colorido e alguns efeitos interessantes. Um jovem talento recebeu este livro de presente e resolvi postar sobre ele aqui, mas como não entendo muito de Mangá, caso alguém se interesse em comprar, é bom conferir de perto. Uma coisa ninguém poderá negar, é muito bonito!
Seguem alguns desenhos do jovem talento que mencionei.




Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares