Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

sábado, 1 de outubro de 2011

Médico de homens e de Almas


Esta obra custou vários anos de pesquisa e dedicação por parte da autora, que aos 12 anos de idade se encantou com a história de vida de São Lucas, um médico grego, que apesar de não ter conhecido Jesus ainda vivo, se tornou um de seus apóstolos.
 
Lucano, como era conhecido, pois Lucas é o diminutivo e São Lucas porque ele foi considerado santo, era filho de libertos, ex-escravos, que trabalhavam para uma importante família de Romanos. Desde menino Lucano demonstrava uma profundidade incomum para uma criança e suas maneiras e atitude acabam por conquistar o coração de Diodoro Cirino, um nobre tribuno romano, para quem sua família trabalhava e que acabou se tornando um pai adotivo para o menino. Ao saber do desejo de Lucano, em ser médico, Diodoro Cirino promete cuidar de sua educação, pagando por seus estudos. Durante a infância Lucano partilha com Rúbria, filha única de Diodoro, o aprendizado em casa com o professor particular. Entre os estudos e brincadeiras, Lucano e Rúbria se tornam grandes amigos, e a medida que crescem, essa amizade evolui, se tornando um amor puro e sincero. Infelizmente Rúbria é portadora de uma doença letal e com sua morte, Lucano passa a acreditar que Deus, conhecido como o Deus Desconhecido, não se importa de fato com os seres humanos. Em sua cólera pela perda daquele amor tão belo, Lucano decide que trabalhará como médico de forma arrebatada, buscando salvar todas as pessoas possíveis de tal destino tão cruel, o sofrimento e a morte. Em sua revolta ele pensa, para que nasce um homem? Para sofrer e acabar morrendo?  E movido por este sentimento, ele nunca mais se permite estar na presença do amor, pois outra perda seria demasiado pesarosa para seu coração. Conforme prometido por Diodoro, Lucano segue para Alexandria, a fim de estudar medicina. Em seu coração tudo já está resolvido, servirá aos homens e mulheres pobres, escravos ou livres que não tenham condições de pagar um bom médico. Sua família aguarda ansiosamente seu retorno para casa, agora em Roma, mas ele, apesar de jovem, belo e rico não deseja um cargo de honra e sim salvar quantas pessoas puder da morte, pois acreditava que este era seu dever. Por ordem de Diodoro, a assembleia Pública o nomeia médico de Roma, mas não está em seus planos aceitar tal cargo. Terminados seus estudos, ele empreende viagem de retorno para casa, mas no meio do caminho, recebe carta que lhe traz más notícias. Diodoro Cirino, homem íntegro e fiel a uma Roma que já não existia mais, corrompida pela vilania e imoralidade, que esbravejava com paixão contra a legião de infames e a turba ociosa e ávida que desejavam apenas devorar os frutos dos celeiros e os tesouros de Roma, havia falecido. Lucano permanece ainda algum tempo em Roma, mas parte de encontro ao que acredita ser seu destino. Muitas pessoas terão suas dores do corpo e da alma amenizados sob os cuidados de Lucano, mas ele próprio não se permite um momento de trégua. Viaja muito, mantendo pequenas residências em cada porto, onde permanecia algum tempo tratando dos doentes, mas não se sentia parte de nenhum lugar. Os anos passam e em suas idas e vindas, Lucano acaba por aceitar novamente Deus em seu coração, sentindo-se em paz finalmente. Nesse momento, ao receber novas notícias de Jesus Cristo, ele sabe, ele sente que ali está o filho de Deus e necessita ver com seus próprios olhos os lugares por onde o Messias andou, as pessoas com quem conviveu antes de ser crucificado. É com base nos relatos de pessoas como os discípulos, apóstolos e a própria mãe de Jesus Cristo, que Lucano inicia seu evangelho.

Uma história comovente e inspiradora, muito bem escrita, com uma riqueza de detalhes que nos faz viajar no tempo, como se lá estivéssemos na companhia de Lucano e de sua luta pessoal. Gostei muito do livro e de saber sobre a Vida de São Lucas, contudo, devido ao grande detalhamento por parte da autora, em alguns momentos a leitura se torna cansativa, mas vale muito a pena.

Taylor Caldwell

Nascida em Manchester, Inglaterra, Taylor Caldwell migrou ainda criança para os Estados Unidos, onde viveu por toda a sua vida. Entre seus maiores sucessos literários, muitos deles inspirados em personagens bíblicos, estão 'Só Ele ouve', 'Os servos de Deus' e 'O grande amigo de Deus'. A escritora morreu em 1985, aos 85 anos.

Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares