Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

domingo, 10 de novembro de 2013

As Luzes de Setembro

As Luzes de Setembro
Carlos Ruiz Záfon
Editora Suma de Letras
  
Paris 1936. Simone Sauvelle se torna viúva e com o marido e amor de sua vida, se vão  os momentos felizes. Os credores a procuram em busca de pagamento e onde antes existira alegria, surge desesperança. A vida segue seu curso e Simone arruma emprego. É uma época cinza na aquarela de sua vida e de seus dois filhos, Irene e Dorian. Adotando trabalhos de meio turno, Simone Sauvelle segue com a vida, buscando forças para manter a si e seus filhos. Depois de um período trilhando nas sombras, surge uma oportunidade, uma luz que poderá resgatá-los daquele lugar que significa agora inquietação. Era o verão de 1937,  e Baía Azul, uma cidadezinha da costa, longe da penumbra cinzenta de Paris, parecia promissora. Ela trabalharia como governanta de um recluso  inventor e fabricante de brinquedos, chamado Lazarus Jann. Além disso teria uma  casa onde morar  e uma oportunidade de estudos pagos para Irene e Dorian. Era mais do que poderia esperar naquele momento. Lazarus demonstra ser um homem bondoso e generoso e disposto a ser não apenas um empregador, mas um bom amigo. Seus inventos originais e criativos cativam Doriam, um menino inteligente e sonhador. Irene às vésperas dos seus 15 anos sente-se atraída por Ismael, primo de sua mais nova amiga Hannah. Tudo parece caminhar por caminhos mais felizes, entretanto, para tudo existe um preço e aquele belo lugar escondia nas sombras uma que era mais escura do que todas, e que nem mesmo as luzes de setembro haviam conseguido banir.  Na ausência do bem existe o mal, e ele espreita, aguardando a oportunidade para insurgir. Algumas aparições inexplicáveis e acontecimentos macabros  perturbam a paz de Baía Azul. Hannah é encontrada morta no bosque perto da mansão de Lazarus Jann e a polícia não é conclusiva sobre a causa, trazendo ainda mais inquietação. A propriedade de Lazarus parece esconder algo, e Irene e Ismael impulsionados pelo mistério que cerca a morte de Hannah, desejam descobrir a verdade. Suas vidas e de Simone correm perigo e apenas um grande sacrifício poderá salvar a todos.


Ótimo! Como comentado no post anterior, fui correndo comprar meu exemplar de As “Luzes de Setembro”. Não sem uma pontada de pesar terminei a leitura, pois este é o último livro de Carlos Ruiz Záfon que me faltava ler e agora poderei ler mais do autor, somente quando escrever algo novo. Até lá irei viajando por outras páginas… rsrs.

Acesse clicando AQUI a lista de livros pontuados.

Abraço
Jade

Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares