Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

A Arte da guerra

Este documento é da autoria de Sun Tzu, um filósofo que se tornou um general. Este notável livro foi escrito à cerca de 2.500 anos, mas por incrível que pareça, o texto, apesar do título e da época em que foi redigido, se aplica a várias situações do cotidiano atual, da educação dos filhos à postura profissional, portanto é uma leitura indicada para qualquer pessoa, principalmente para quem gosta de refletir. A Arte da Guerra chamou a atenção de Ho Lu, Rei de Wu, que nomeou Sun Tzu general. A partir de então e durante quase duas décadas, até a morte de Sun Tzu e do Rei, os exércitos de Wu venceram os seus inimigos tradicionais.

Trechos extraídos do livro:
“O General é o sustentáculo do Estado: se o sustentáculo for forte em todos os aspectos, o Estado será forte; se está defeituoso, o Estado será fraco”.
“Se conhecermos o inimigo e a nós mesmos, não precisaremos temer o resultado de uma centena de combates. Se nos conhecemos, mas não ao inimigo, para cada vitória sofreremos uma derrota. Se não nos conhecemos nem ao inimigo, sucumbiremos em todas as batalhas”.

Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares