Vai deixa de tristeza e deixa o sonho te levantar, acredite que é possível ainda hoje uma virada, acredite que tudo foi apenas um engano, mantenha a rota do seu barco da vida, não desista novamente, as pedras são apenas restos que a chuva trouxe... amar, viver, sonhar, acreditar, lutar e até o chorar, são fases que compõem o grande quadro chamado vida, onde a tela é a sua história, as tintas são as pessoas que passam por ela, mas, o pintor, o responsável pela obra é sempre você! (Autor desconhecido)

domingo, 21 de julho de 2013

Fotografia


Adoro fotografia e arte digital, são tantos e variados  os trabalhos que podem ser encontrados pela internet, que as vezes fica difícil escolher apenas um para o post. Me lembro quando eu gostava de fazer colagens com fotos de revistas, jornais e afins. Passava horas sentada olhando todo aquele  material para conseguir as melhores imagens para uma decoupage ou simplesmente armazenando para o próximo momento de inspiração. Era uma forma de arte divertida e barata.
 
Mas voltando à fotografia... é outra paixão minha. Gosto de descobrir o melhor ângulo para mostrar algo sob uma perspectiva diferente, quem sabe até inusitada, ou simplesmente captar a beleza de um momento. Uma forma de recordar o que percebemos no instante de um clic, pois tudo nesta vida é passageiro, o que era presente logo se torna passado, e nesta mudança temporal nada é igual novamente.
 
A foto acima  representa um desses momentos e o desenlace de uma bela historinha. Num lindo dia de agosto eu olhava pela janela, quando me deparei com um Sabiá na área que fica na entrada de casa. Quando o fitei mais atentamente, percebi que tinha gravetos no bico. Mal pude conter minha alegria, ao constatar que este animalzinho emplumado, de peito laranja e andar empertigado, havia escolhido minha casa para construir seu ninho. Não obstante o fato de passarmos todos os dias pelo local, que fica na entrada de casa e a pouco mais de 2 metros do chão, sobre uma coluna abaixo do telhado, nosso amigo laranjinha prosseguiu no seu intento e em questão de dias o ninho se mostrava pronto. Logo mamãe passarinha chocava seus ovinhos, que eram nada menos que três e para nosso contentamento os três filhotes cresceram saudáveis. Foi tudo muito rápido, questão de dias entre a postura dos ovos e o crescimento dos passarinhos. Triste foi quando nos abandonaram, deixando para trás saudades. Isto foi em 2011, porém em 2012, mamãe e papai laranjinha retornaram e retomaram a possa do que lhes cabia por direito adquirido, e lá  de novo chocaram três filhotes. Esta foto acima é do último filhote que saiu do ninho, logo antes de  ganhar o mundo. Muito fofo este animalzinho garboso e abençoado com penas alaranjadas que lembram um por do sol. Estamos na expectativa do retorno de nossos inquilinos neste ano, que nos pagam a estada com seu canto e a oportunidade de velos todos os dias bem de pertinho 
 
 
No menu do início do blog, terá a categoria "Fotografia", onde passarei a destacar algumas fotografias minhas que postarei ao invés de apresentar em slides como vinha fazendo anteriormente.
 
Abaixo seguem mais algumas fotos que registram a passagem de nossos amiguinhos emplumados.
 
 
Abraço
Jade


Imagem de Mariana Britto
Sigo andando a passos largos...
...sem rumo e sem destino, apenas observando o que se passa e o que passou, o conhecimento traz prazer mas também traz dor.
Jade

Postagens populares